Ioga e alongamento podem aliviar dor crônica nas costas

Segundo um novo estudo, ioga ou alongamento intenso podem aliviar o desconforto de pessoas que sofrem de dores crônicas nas costas.

Os pesquisadores disseram que nenhuma das duas formas de exercício parece ser mais eficaz do que a outra, ambas são boas opções.

Quando os médicos atendem adultos com dores nas costas, regularmente prescrevem analgésicos e relaxantes musculares com graus variados de sucesso, ou encaminham os pacientes para fisioterapeutas, quiropráticos, e outros especialistas.

Muitos médicos também recomendam exercícios e alongamento, mas poucos estudos já exploraram se determinadas atividades físicas são especialmente eficazes para pacientes com dor nas costas.

O novo estudo é o acompanhamento de uma pesquisa de 2005 que descobriu que a ioga era um pouco melhor para dor nas costas do que um programa de exercício que incluía treinamento de força, aeróbica e alongamento.

Os pesquisadores suspeitavam isso poderia ser devido ao “componente mental” de meditação da ioga, e esperavam para obter um resultado semelhante com a nova pesquisa.

O estudo recente incluiu 228 adultos mentalmente saudáveis, com dor moderada nas costas. A maioria era bastante ativa, apesar de sua dor.

Os pesquisadores designaram aleatoriamente os pacientes para um de três grupos: um grupo fez aulas semanais de 75 minutos de ioga, outro fez aulas de alongamento e resistência semanais, e um grupo de controle recebeu um livro sobre como lidar com dores nas costas.

Os grupos de ioga e alongamento também receberam vídeos de instrução e foram encorajados a praticar em casa por 20 minutos por dia entre as classes.

Três meses mais tarde, os participantes dos grupos de alongamento e ioga foram muito mais propensos do que as pessoas no grupo de controle a relatar uma melhora na dor nas costas.

O dobro de participantes nestes dois grupos (cerca de 40%, versus 20% no grupo de controle) disse que diminuiu a utilização de medicamentos, uma tendência que persistiu três meses após as aulas terminarem.

No entanto, a ioga não foi mais eficaz do que o alongamento. Esta constatação surpreendeu os pesquisadores, que achavam que os benefícios da ioga eram principalmente devidos ao componente mental ou espiritual.

O estudo sugere que, na verdade, o principal benefício da ioga é físico. E, de fato, a classe de alongamento (com foco em pacientes com dor nas costas) não é muito diferente de uma aula de ioga.

“Eu recomendo exercícios de flexibilidade para cada paciente com dor nas costas que tenho. Alongamento terapêutico combinado com relaxamento e respiração profunda ajuda muito na dor lombar”, disse o quiroprático americano Scott Duke.

Segundo os pesquisadores, o estudo sugere que os médicos devem incorporar o alongamento no seu protocolo de tratamento padrão para dor nas costas.

Mas não é qualquer tipo de ioga ou qualquer classe de alongamento que ajuda os pacientes com dor nas costas.

O tipo de ioga utilizado no estudo centrou-se nas costas e nas pernas, e foi adaptado para as limitações físicas de cada indivíduo. Pacientes com dor nas costas devem evitar aulas muito “intensas” de ioga, e devem procurar estilos terapêuticos e restauradores.

Sem a devida orientação e limites, os pacientes podem ficar piores do que quando começaram. Mesmo no estudo, cerca de 15% dos pacientes de ioga e alongamento aumentaram sua dor nas costas, uma taxa que está próxima da média do mundo real.

O ideal é uma classe voltada para iniciantes, e um instrutor que tem experiência em trabalhar com pacientes com condições especiais. Claro, todo paciente pode ir a uma aula, se testar, ver até onde aguenta. Sempre com muito cuidado.[CNN]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s