Monte o cardápio correto e não ganhe peso nas férias

Estamos em meio às férias escolares, inclusive a das faculdades noturnas, fatores que interferem na rotina das pessoas e das famílias. Este deveria ser um tempo de lazer e descanso. Uma pausa na correria do dia-a-dia, com mais tempo livre para curtir a família e os amigos e para buscar uma alimentação saudável, que ficou esquecida no meio da rotina corrida de trabalho ou estudos.

Apesar disso, o que percebemos é uma confusão entre descanso e desorganização, excessos alimentares, mudança no ritmo do sono e um maior sedentarismo. Dessa forma, vamos terminar as férias com a sensação de que perdemos tempo, não descansamos e engordamos.

Vivemos reclamando da rotina puxada da nossa vida. Muitas vezes, nos queixamos da monotonia do trabalho diário, do cansaço do estudo noturno e do pouco tempo para viver e curtir a vida. Nem imaginamos o grande benefício que a rotina nos traz. Levantar cedo, comer em horários certos, geralmente nos mesmos lugares, estudar e dormir antes da meia noite torna nossa vida mais produtiva, nosso sistema biológico mais equilibrado, contribui para que tenhamos hábitos mais saudáveis e uma alimentação balanceada.

Férias engordam?

No período que antecede as férias, vivemos nos queixando de que o trabalho, estudo e outras tarefas não nos permitem comer corretamente, que nas faculdades só são servidos lanches e que isso nos faz comer porcarias ou que no trabalho não temos tempo para procurar opções saudáveis. No momento em que temos a chance de reverter este quadro e jantar corretamente, fazemos muito pior. Continuamos sem jantar, consumimos alimentos pouco nutritivos, beliscamos muito e engordamos em casa muito mais do que na faculdade.

Durante as férias e nos períodos em que temos tempo livre à nossa disposição, geralmente não sabemos como administrar este tempo em prol da nossa própria saúde. Dormimos de madrugada e acordamos no meio do dia, não fazemos nenhuma refeição completa, comemos vários lanches ao longo do dia, passamos grande parte do tempo diante da televisão, não desgrudamos do computador…Tudo isto buscando relaxar.

Esse caos alimentar, associado ao sedentarismo, invariavelmente leva ao ganho de peso nas férias.

Esse caos alimentar, associado ao sedentarismo, invariavelmente leva ao ganho de peso nas férias. Muitas pessoas acham isso óbvio ou razoável. Afinal de contas, “estamos de férias”. Mas o lazer pode ser um aliado e evitar o ganho de peso. Andar na praia, jogar futebol com os filhos, andar de bicicleta são atividades compatíveis com as férias e não estragam o entretenimento. Após a brincadeira, também deve haver espaço para comer bem, pois a ocasião nos permite. Saímos do escritório ou dos bancos da faculdade e passamos a queimar mais calorias, logo, podemos até comer um pouco mais sem engordar.

Organizando o cardápio das férias

A primeira grande aspiração das férias é deixar de levantar tão cedo. Correto, mas não precisa ser depois das nove horas. Afinal, já serão dois ou três horas a mais de sono diário, para quem se levanta normalmente as seis ou sete horas da manhã. Levantar após as nove horas compromete o ritmo alimentar do dia e o sono noturno, dificulta a programação do período da manhã e faz com que percamos a melhor hora do sol.

A segunda expectativa de férias é a redução dos afazeres domésticos. Isso é possível quando nos organizamos e preparamos refeições práticas. Podemos começar o dia com um bom café da manhã, investir no almoço e preparar apenas um lanche ao invés do jantar. Se estivermos fora de casa, assumindo a cozinha ou em hotéis, essa regra pode também ser seguida. Podemos ainda optar por almoçar todos os dias em um restaurante próximo e com isso aliviar o trabalho do preparo de uma das refeições.

O lanche da noite costuma ser o nosso maior erro nas férias, pois geralmente não programamos refeições nesse período, com a explicação de que almoçando tarde, as pessoas não têm tanta fome à noite. Grande engano.

Como passamos a dormir também mais tarde, o lanche deverá ser substancioso, para que as pessoas não resolvam tomar sorvetes todas as noites ou fazer uma macarronada às 22 horas, por estarem morrendo de fome. Também não podem assumir a monotonia do misto quente todos os dias. Devemos ser mais criativos. Portanto, vamos nos concentrar nesse lanche, uma vez que geralmente ele é o maior erro na alimentação das férias.

Baguete, pão francês e pão sírio podem ser usados ao invés do pão de forma diário. Todos eles têm versões integrais, mais saudáveis e com muito sabor. Para compor o lanche, podemos usar omelete, rosbife de lagarto, salmão defumado, atum, hambúrguer, até um bife grelhado, além do queijo e presunto. Variar é sempre um estímulo à criação de pratos mais saborosos e versáteis.

Para completar o lanche das férias, uma salada de folhas, tomate cereja, baby cenoura e frutas podem ser servidas com todos os lanches. Tudo vai depender da criatividade, do ânimo e do carinho que você terá nas férias para cuidar de si mesmo e de sua família, aproveitando bem todo o tempo do mundo.

Apesar de o lanche noturno facilitar nossa vida, ele deverá ser bem definido, para evitar que se prolongue noite adentro. Assim, ele terá o mesmo efeito do jantar e não correremos o risco de passar as noites de férias beliscando. Esperamos tanto pelas férias para organizar nossa vida e isso só será possível se ultrapassarmos as dificuldades impostas pela ausência da rotina que tanto nos incomoda no dia a dia.

Fonte: minhavida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s