Sempre que alguém faz a inevitável pergunta:”Quando eu vou ver os resultados?”, nosso desejo é dizer:”Põe um ano ai”. Um pouco radical? Talvez. Sabemos que se os clientes fazem tudo o que precisam fazer para perder peso: exercitar-se, comer corretamente, dormir bem, permanecer ativo e administrar os níveis de estresse, eles verão os resultados em cerca de 2 ou 3 meses. Mas isso só acontece se eles fizerem tudo na maior parte do tempo.

A realidade para os novatos nos exercício é geralmente bem diferente.

O que acontece com frequência é que eles se exercitam, comem bem, ficam mais fortes e começam a ser algumas mudanças. Alguns centímetros nas medidas vão embora, voltam a usar roupas que não serviam mais (ou elas ficam mais justinhas, para quem quer ganhar massa muscular), e as pessoas começam a se sentir muito bem. Então, quando as coisas estão caminhando bem, tudo dá errado.

Pode ser um feriado ou férias mais longas. Pode ser uma lesão muscular, um filho doente ou uma visita inesperada. Ou então é o fato de a lua ser minguante e não quarto-crescente. O que quer que seja, faz com que as pessoas saiam do seu momentum de mudança, aquela motivação maravilhosa que parecia infinita vai embora. Pior ainda, o que você havia conseguido de resultados desaparece, voltando para um estado de falha total. Isso pode parecer tão assustador que as pessoas desistem mesmo de tentar novamente.

O que você pode não entender é que leva tempo e prática para lidar com as festas, as viagens, os feriados, o clima ruim, as doenças, os machucados, os desastres inesperados e os obstáculos sem fim que vão se colocar no caminho do seu estilo de vida saudável.

Leva mais do que algumas tentativas para superar essas interrupções estressantes enquanto você insiste em se exercitar, comer certo e ainda cuidar de si mesmo. Você tem anos, décadas e talvez até uma vida inteira de hábitos enraizados para competir contra. Pense há quanto tempo você:

— Comeu loucamente

— Descontou na comida pelo estresse ou estado emocional alterado

— Dormiu até o último momento possível, ao invés de levantar e ir se exercitar

— Parou e comprou fast food no caminho para casa porque você estava cansado demais e com muita fome para fazer jantar

— Comeu fora porque você não tinha nada em casa para fazer um jantar saudável

— Passo horas sentado por dia, o que gerou uma sensação de desconforto e corpo dolorido e fez com que você não quisesse se exercitar

— Lidou com a fadiga e a falta de energia com cafeína e energéticos ao invés de se mover e despertar naturalmente seu corpo.

Pedir a si mesmo para mudar em uma questão de semanas, diminuir o estresse através dos exercícios, levantar uma hora mais cedo para se exercitar, parar de comer quando você está satisfeito, treinar mesmo quando seu corpo estiver cansado, é uma ordem grande demais. Em nossa experiência, essa mudança toda pode levar realmente até um ano ou mais. Um ano de idas e vindas, de começar e parar, de aprender como se manter nos exercícios mesmo quando você está doente ou machucado, como comer saudável mesmo quando você tem que trabalhar até tarde por três noites seguidas, como encontrar hora para treinar mesmo quando você tem um treino na madrugada ou uma reunião depois do trabalho. Perder peso, ganhar massa muscular, tudo é uma questão de aprendizado. Então, por que não dar a si mesmo o tempo necessário para aprender?

Foto: Reprodução

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s