Quanta pressão você sente para perder peso ou manter seu peso atual? Quanta pressão você sente para ser musculoso e ter um corpo atlético? Se você é como a maioria das pessoas, você sente muita pressão, constantemente. Entre em qualquer banca, conveniência ou mercado e você verá provavelmente uma longa lista de revistas de fitness com homens e mulheres semi nus, com corpos esculturais, lembrando sua mente como você deveria ser — se ao menos você conseguisse se comprometer com a dieta.
Você sente essa pressão quando cruza com um corredor enquanto você está indo trabalhar e é lembrado do treino que você não fez.
Você sente essa presão quando você tá comendo fora e se pergunta o que as pessoas vão achar se você pedir (nossa!) salada com molho.
A pressão parece vir de algum lugar, tanto no mundo real como em nossas cabeças e ela frequentemente leva a:
Sentir-se como se estivesse em uma prisão – as palavras que acompanham a pressão são geralmente “não posso”, “tenho que” e “eu deveria” — todas essas palavras nos fazem sentir acuados. Você não pode comer hambúrguer, você tem que fazer seu treino, você deveria emagrecer. Em algum ponto, você acaba se sentindo como se não tivesse mais escolhas, o que gera uma necessidade para escapar daquela existência pesada demais para você aguentar.
Muito esforço – aí, o que acontece quando você sente toda essa pressão para ser perfeito, para perder peso? Alguns de nós se tornam controladores. Então, temos que monitorar todas as mordidas, todos os movimentos, cada coisinha tem que ser registrada. O problema é que quando mais você tenta ser perfeito, mais sem controle você se sente.
Então, como se livrar dessa pressão? Algumas ideias:
Desista de perder peso – não significa parar de tentar perder peso, mas sim para e mudar o foco para aquilo que realmente importa. Como você se sente, quanto você realmente valoriza a si e a sua saúde e quão bem você está se cuidando. Quando você se foca nessas coisas, você acaba fazendo tudo o que leva a uma perda de peso: você se alimenta bem, faz mais exercícios e você se sente bem. E claro, sem a pressão de querer perder peso, que só atrapalha.
Desista de ser perfeito – a maioria de nós tem algumas ideias na cabeça sobre o que é o treino “perfeito”. Por exemplo, meu treino perfeito é uma hora de HIIT onde eu queimo um trilhão de calorias e nada menos vai adiantar. Mas o que acontece quando eu não posso, ou não deveria, fazer aquele treino “perfeito”? Se nada menos adiantar, então eu não faço nada e fazer nada além de não queimar calorias, não faz com que eu me sinta bem comigo mesmo. 
Esconda a balança – para muitos de nós, a balança é o resumo do nosso sucesso ou falha, mesmo que ela não seja a melhor maneira para medir seu sucesso. Todos sabemos que a balança não nos dis as informações que realmente necessitamos — se você ganhou músculo e perdeu gordura. Sabemos que é possível ganhar 2 quilos em uma noite. Ainda assim, se a balança mostra que estamos 2 quilos mais pesados, na mesma hora nos sentimos completamente derrotados. Deixar a balança pra lá, mesmo que só por uma semana ou duas, pode aliviar a pressão de ter que estar em um peso X para ter que se sentir bem com você mesmo. Pode até ajudar a melhorar sua auto-estima. 
O estresse e a pressão de perder peso podem ser massacrantes, tanto que isso pode acabar paralisando você ao invés de incentivar. É mais fácil focar em comportamentos saudáveis que você precisa para perder peso quando você está em paz e com controle, quando você se livra da pressão de se encaixar em um padrão impossível. Lembre-se de que as revistas tem tratamentos digitais sobre as fotos e você não sabe o que exatamente todas as pessoas ao seu redor estão utilizando para chegar a um corpo “padrão” e como estão arriscando sua própria saúde para isso. Você está colocando muita pressão sobre si mesmo? O que aconteceria se você tirasse toda essa pressão e pudesse ser livre? Conte para nós nos comentários.
Anúncios

2 comentários sobre “Você se sente pressionado a emagrecer?

  1. Excelente artigo!!!!
    Lembrar sempre que o conteúdo é muito mais importante que a forma. A forma é uma consequência do treino. Músculos não são troféus 😉

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s