Há muitas coisas que se supõe que façamos para que possamos perder peso, ganhar músculos, adquirir resistência, insira seu motivo para se exercitar aqui. Mas há também várias coisas que você pode PARAR de fazer para superar os obstáculos no meio do seu caminho. Essa série vai atacar vários itens que podem atrapalhar seu comprometimento e seus objetivos!
Inércia: pare de esperar a vontade de se exercitar surgir
Vamos falar do Juliano? O Juliano tem 42 anos e faz exercícios há 10 anos, 5 vezes por semana. Depois de 10 anos se exercitando, é MUITO raro que ele acorde às 5:30 da manhã com aquela vontade maravilhosa de treinar. Ele nem mesmo quer sair da cama, imagine se ele quer ir treinar. Então, por que o Juliano insiste nisso? A verdade é que não é o desejo de se exercitar que faz com que ele saia da cama, mas a combinação do hábito, da disciplina e da persistência. E claro, a sabedoria de que ir treinar é “menos ruim” do que pular um treino.
Frequentemente, esperamos pela motivação para nos exercitarmos, mas esperar por isso é como esperar pela motivação de lavar o banheiro, fazer faxina. Você quer mesmo ficar lá esfregando azulejos? Claro que não. É só algo que você tem que fazer, mas quando você faz, fica extremamente satisfeito por ter feito.
Soluções!
Claro que tem solução, amigo. Vamos criar nossa própria motivação:
Crie recompensas por acabar mais um treino: um novo livro para ler, uma saída à noite, uma taça de vinho extra. As possibilidades são infinitas.
Escreva seu objetivo em um pedaço de papel e cole em seu alarme ou na direção do carro. É um lindo lembrete que pode ser o suficiente para você começar (que é sempre a parte mais difícil).
Não pule seu treino: antes de desistir, faça a si mesmo algumas perguntas como, vou me arrepender dessa decisão? Como vou compensar esse treino perdido? Não largue a linha de raciocínio até que você tome uma decisão realmente motivada.
Certifique-se de que está fazendo os treinos certos para você: revise seu treino e certifique-se de que está fazendo algo que você realmente gosta – ou pelo menos simpatiza. Sem chances de você persistir se odeia seus treinos.
Na próxima edição: Exageros.
Não esqueça de compartilhar com os amigos e deixar seu comentário.
Anúncios

2 comentários sobre “Acabando com suas desculpas para não se exercitar: inércia

  1. Acredito que uma boa motivação pra treinar é convidar um amigo pra ir à academia com você. No dia a dia do trabalho aqui na Oxxi eu posso observar irmãos, amigos, namorados, pais e filhos chegando junto pra treinar. E essas pessoas são muito mais assíduas. Um motiva o outro e assim, ninguém desiste. Mas se você não tem ninguém pra convidar, a academia também é um excelente espaço pra fazer novas amizades. De qualquer maneira, você só vai ter benefícios se resolver abrir mão da inércia.

    Curtir

  2. A sua vontade deve vir em primeiro lugar. Ainda encontro pessoas que falam assim: “Próxima semana vou começar a malhar. Já comprei até o suplemento”. Ou seja, já investiu em um suplemento sem sequer começar a treinar.
    Experimente a atividade primeiro. Descubra o que você gosta de praticar. Depois você analisa com a ajuda de um profissional se você necessita de suplementação ou não.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s