Sim, parece que treinar e comer tronco de árvore com raspa de limão por uma semana ou duas vai levar a um resultado fantástico — suas calças vão estar caindo depois de toda essa dor e sofrimento que você vai passar.
A realidade é um pouquinho menos animadora. Às vezes, nada demais acontece (pelo menos externamente) além de músculos doloridos e frustração. Às vezes, é até pior. Você pode inclusive ganhar peso. Isso é geralmente temporário, mas não é divertido passar pelo processo.
E ai? O que fazer quando você está fazendo tudo certinho e seu corpo não está respondendo ainda?
O que fazer
 
Metas tangíveis — não tem como adivinhar quanto de peso você vai perder por semana (quanto de músculo você vai ganhar por semana, quantos quilômetros vai conseguir correr, etc), mesmo quando você faz tudo perfeitamente (que provavelmente você não vai fazer, não o tempo todo). Tente esquecer essa história de perder peso, ganhar músculo ou percentuais de gordura e crie metas mais concretas. Complete um certo número de treinos por semana, por exemplo, ou treinos sob certa intensidade. Crie um diário de exercícios e marque seus treinos em um calendário e assim comemore semanalmente o seu sucesso.
Descubra com o que metas realistas se parecem —exercício não é um truque de mágica, não importa o quão fantástico algumas pessoas fazem parecer, e mesmo com tudo o que você vê nas revistas e nos comerciais, não há atalhos para alcançar seus objetivos. A verdade é que são necessários muito mais exercícios do que você imagina para perder peso, ganhar músculos, criar condicionamento físico e muito mais tempo também. De fato, pode levar até um ano para ver mudanças reais e permanentes, simplesmente porque geralmente leva esse tempo para que você aprenda como superar os obstáculos já presentes na sua vida e criar hábitos.
Aceite que você não pode controlar todos os aspectos das suas metas — você pode controlar sua alimentação e seus exercícios, gerenciar seu estresse e suas horas de sono, mas há outros fatores que não conseguimos controlar. Idade, sexo e sua genética, só para citar alguns deles. Não há como controlar os amigos que ligam para fazer outra coisa na hora do treino, sua família que precisa de atenção, o trabalho que atrapalhou sua rotina… Independente de todos os fatores, faça seu melhor e esqueça do resto.
Perfil
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s